5 motivos para você amar o selo Darklove

08 maio 2017



DarkSide® Books é a primeira editora brasileira inteiramente dedicada ao terrar e à fantasia. Além disso a editora tem apostado muito em uma linha muito especial, a DarkLove. Uma linha editorial que combina sensibilidade com aquela atitude que você só encontra nas páginas de um livro da Caveira. É uma seleção pensada especialmente para corações românticos e valentes, pois o amor é sobrenatural e acontece quando você menos espera.

Por isso, eu trouxe 5 motivos para você ler e amar todos os livros da linha Darklove.


1. Autoras mulheres

Todos os livros da linha são escritos por mulheres incríveis que exploram culturas e épocas diferentes da nossa. A DarkLove cresce, se fortalece e se prepara para sempre apresentar autoras talentosas que escreveram histórias inesquecíveis.

2. Personagens mulheres fortes

Mais uma característica marcante nos livros desse selo. No primeiro livro publicado pela DarkSide, Circo Mecânico, não temos uma protagonista forte, mas todas as mulheres apresentadas no decorrer da narrativa são girl power. Na trilogia As Crônicas de Amor e Ódio, a protagonista, princesa Lia, luta por uma vida na qual ela mesma fala suas escolhas. Em Onde Cantam os pássaros,enigmática Jake White é assombrada por um passado inescapável. Uma mulher forte, ainda que tão passível de falhas, erros e equívocos como todos nós

Circo Mecânico (resenha aqui)
Sinopse: Respeitável público, sejam bem-vindos ao incrível Circo Mêcanico Tresaulti, o lugar para quem acredita no mundo mágico que nos rodeia. Permita-me conduzí-lo por uma viagem única através da luz e das sombras onde descobriremos juntos uma nova forma de ver tudo e a todos. Onde não existe limite entre o picadeiro e a plateia, onde tudo é real e o único limite é a nossa vontade de sonhar. Em pleno cenário pós-apocalíptico, O Circo Mecânico Tresaulti ergue sua lona e dá início ao grande espetáculo. Ambientado sobre a perigosa superfície de um mundo devastado, cheio de bombas e radiação remanescentes de uma guerra pela qual todos já saíram derrotados, esse belo romance nos apresenta uma caravana circense em eterna viagem através de muitas cidades sem país, região ou rota definida. Lugares que podem não mais existir quando o circo retornar. Aqueles que se juntam ao circo procuram trabalho sem risco de vida, segurança ou apenas uma nova forma de recomeçar. E seguir adiante, apesar de tudo.

As Crônicas de Amor e Ódio - The Kiss of Deception (resenha aqui)
Sinopse: Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.

Onde Cantam os pássaros
Sinopse: Fazendeira Jake White leva uma vida simples numa ilha inglesa. Suas únicas companhias são rochedos, a chuva incessante, suas ovelhas e um cachorro, que atende pelo nome de Cão. Tendo escolhido a solidão por vontade própria, Jake precisa lidar com acontecimentos recentes que põem em dúvida o quanto ela realmente está sozinha – e o quanto estará segura. De tempos em tempos, uma de suas ovelhas aparece morta, o que pode ser muito bem obra das raposas que habitam a floresta próxima à sua fazenda. Ou de algo pior. Rumores sobre uma fera, um menino perdido, um homem estranho e fantasmas do seu próprio passado atormentam a vida de uma mulher que sonha com a redenção. Aos poucos, vamos descobrindo mais sobre as suas habilidades em tosquiar e cuidar de ovelhas, aprendidas ainda quando jovem, em sua terra natal, na Austrália. E vamos aprendendo também o que aconteceu lá, que acabou por conduzir White à uma vida de reclusão e isolamento. E sobre as contradições e diferenças entre um passado (sempre narrado no presente) cheio de vida e calor, e o presente (narrado por sua vez no passado) repleto de lama, um ritmo mais desacelerado e frio, paira uma atmosfera absolutamente brutal.

3. Histórias emocionantes

Os livros trazem temas e histórias que emocionam e tocam o coração de cada um, com questões íntimas, como relacionamentos, amizades, traumas e memórias, e questões sociais, como feminismo, depressão e ciclos da vida - muitas vezes considerados tabus. Em O último adeus e em A Guerra que salvou a minha vida vamos nos emocionar com as lutas internas das personagens principais. 

O Último Adeus
Sinopse: O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz. O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante. O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.

A Guerra que Salvou a Minha Vida (resenha aqui)
Sinopse: Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros. Da janela, vê o irmão brincar, correr, pular – coisas que qualquer criança sabe fazer. Qualquer criança que não tenha nascido com um “pé torto” como o seu. Trancada num apartamento, Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Ainda bem que há uma guerra se aproximando. Os possíveis bombardeios de Hitler são a oportunidade perfeita para Ada e o caçula Jamie deixarem Londres e partirem para o interior, em busca de uma vida melhor.


4. Gêneros e temas variados

A Caveira não é só terror: tem steampunk, fantasia, não-ficção, romance, fábula. E tudo isso para muitas idades!! Em Confissões de um Crematório, vamos conversar sobre a morte, em Só os Animais Salvam vamos conversar sobre animais, em Algum Lugar nas Estrelas vamos conversar sobre amizade e em A Menina Submersa, vamos conversar sobre doença mental.

Confissões de um Crematório
Sinopse: Ainda jovem, Caitlin conseguiu emprego em um crematório na Califórnia e aprendeu muito mais do que imaginava barbeando cadáveres e preparando corpos para a incineração. A exposição constante à morte mudou completamente sua forma de encarar a vida e a levou a escrever um livro diferente de tudo o que você já leu sobre o assunto. Confissões do Crematório reúne histórias reais do dia-a-dia de uma casa funerária, inúmeras curiosidades e fatos filosóficos, históricos e mitológicos. Tudo, é claro, com uma boa dose de humor. Enquanto varre as cinzas das máquinas de incineração ou explica com o que um crânio em chamas se parece, ela desmistifica a morte para si e para seus leitores.


Só os Animais Salvam
Sinopse: Nós, humanos, nos achamos o máximo. Mas o que temos feito com o nosso mundo? "Só os Animais Salvam" é um livro que tenta responder a essa pergunta de maneira inusitada. Cada um de seus contos é uma fábula moderna, narrada por um bicho diferente, vítima de uma de nossas incontáveis guerras. Em meio ao caos, os animais conseguem encontrar esperança e inspiração numa das atividades mais significativas que nossa espécie já criou: a literatura. Ceridwen Dovey reúne fragmentos e personagens da obra de escritores imortais e nos faz sonhar o sonho dos inocentes. Só os animais salvam.



Em Algum Lugar nas Estrelas
Sinopse: EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden. Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor. Obsessivo, Early Auden tem regras específicas sobre que músicas deve ouvir em cada dia da semana: Louis Armstrong às segundas; Sinatra às quartas; Glenn Miller às sextas; Mozart aos domingos e Billie Holiday sempre que estiver chovendo. Seu comportamento é um dos muitos indícios da síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo que só seria descoberta muito tempo depois da Segunda Guerra, e que inspirou personagens já clássicos como o Sr. Spock (Star Trek), o Dr. House e Sheldon Cooper (The Big Bang Theory). Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam paracasa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz.

A Menina Submersa
Sinopse: A Menina Submersa é um verdadeiro conto de fadas, uma história de fantasmas habitada por licantropos e sereias. Mas antes de tudo uma grande história de amor construída como um quebra-cabeça pós-moderno, uma viagem através do labirinto de uma crescente doença mental. Um romance repleto de beleza e horror, camadas, mitos e mistério em um fluxo de arquétipos que desafiam a primazia do "real" sobre o "verdadeiro" e resultam em uma das mais poderosas fantasias dark dos últimos anos. Considerado uma obra-prima do terror da nova geração, o romance é repleto de elementos de realismo mágico e foi indicado a mais de cinco prêmios de literatura fantástica, e vencedor do importante Bram Stoker Awards (2013). 

5. Diferentes culturas

Além de todos esses motivos, há livros que abordam culturas diferentes da nossa. Conheceremos a cultura asiática, viajando ao lado de Li Lan pelo mundo sobrenatural em A Noiva Fantasma e conheceremos as culturas árabe e judaica em viagens cheias de magia em Golem e o Gênio

A Noiva Fantasma (resenha aqui)
Sinopse: Certa noite, meu pai me perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma... 1893. Li Lan é uma jovem que recebeu educação e cultura, mas que vive sem grandes perspectivas depois da falência de seus pais. Até surgir uma proposta capaz de mudar sua vida para sempre: casar-se com o herdeiro de uma família rica e poderosa. Há apenas um detalhe: seu noivo está morto. Por mais fantásticas que pareçam, as noivas fantasmas ainda resistem até hoje em parte da cultura asiática. A prática, que chegou a ser banida por Mao Tsé-Tung durante a Revolução Cultural, foi muito frequente na China e na Malaia (hoje Malásia) no final do século XIX. O casamento era usado para tranquilizar um espírito inquieto, e garantir um lar e estabilidade para as mulheres que diziam sim a maridos já falecidos. É claro que elas tinham um preço alto a pagar, e com Li Lan não seria diferente.

Golem e o Gênio
Sinopse: Os confrontos e as barreiras vividas por duas culturas tão próximas, ainda que aparentemente opostas. Em Golem e o Gênio, o leitor se transporta à Nova York da virada do século XX, em uma viagem fascinante através das culturas árabe e judaica. Seus guias serão poderosos seres mitológicos. Chava é uma golem, criatura feita de barro, trazida à vida por um estranho rabino envolvido com os estudos alquímicos da cabala. Ahmad é um gênio, ser feito de fogo, nascido no deserto sírio, preso em uma antiga garrafa de cobre por um beduíno, séculos atrás. Atraídos pelo destino à parte mais pobre de uma Manhattan construída por imigrantes, Ahmad e Chava se tornam improváveis amigos e companheiros de alma, desafiando suas naturezas opostas. Até a noite em que um terrível incidente os separa. Mas uma poderosa ameaça vai reuni-los novamente, colocando em risco suas existências e obrigando-os a fazer uma escolha definitiva.


Para a DarkSide® Books, mais do que simplesmente publicar essas obras é fazer o leitor acessar o mundo de cada uma delas e, como consequência, colaborar para o crescimento de um mercado no qual a nova geração de leitores tenha mais possibilidades de escolha.

Venha você também MORRER DE AMOR!!


11 comentários

  1. Olá,
    Achei bem legal a postagem, ressaltando o trabalho da editora. Ainda não tive nenhum contato com seus trabalhos, mas quero muito ler O último adeus e Só os animais salvam.
    Sempre que vejo os livros da editora pelos blogs que acompanho só ouço elogios em relação à parte física e sempre fico babando.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  2. Oie, adoro o selo Darklove principalmente a trilogia de The Kiss of Deception que eu amo de paixão. Os outros livros ainda não tive a chance de ler, mas acho todas as edições deles muito caprichadas, com capas maravilhosas e as personagens mais maravilhosas ainda!
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  3. A Darkside revolucionou o mercado literário com as suas edições maravilhosas. Muitas editoras, hoje, lançam edições de capa dura graças à Darkside. Dos livros mencionados, eu li apenas O Último Adeus. Circo Mecânico e The Kiss of Deception estão na prateleira aguardando para serem lidos. Pretendo comprar A Guerra que Salvou a Minha Vida e Em Algum Lugar nas Estrelas.
    Ótima seleção de livros.
    Beijos,
    André || Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    concordo com você em tudo! :)
    DarkSide é uma das editora mais conceituadas e amadas do Brasil. Livros lindos, bem trabalhados, feitos com amor para nos fazer amar!
    Tenho quase todos os livros da DarkLove. Ainda me faltam alguns que desejo, daí ela lança mais 10! hahaha
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  5. Os motivos que deu são ótimos. E concordo com todos eles mesmo não curtindo a editora. Tenho aqui comigo os dois primeiros de the kiss of deception é confesso que tô desde janeiro lendo o livro é até agora nada. Tenho também o último adeus. E espero logo conseguir ler. Ótimas sugestões. Parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? hahahah já sou completamente cativada pelo selo darklove. Já tenho uma quantidade absurda de livros dele e amo cada vez mais a dedicação e variação no selo. Estou ainda para comprar o último de The Kiss Of Deception e estou cheia de expectativas. Adorei o post <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Que legal esse post! Eu adoro este selo da DarkSide, tem livros incríveis! Eu já li a trilogia das Crônicas de Amor e Ódio e Em algum lugar nas estrelas, e já tenho "O último adeus". Mas "A guerra que salvou a minha vida" e "Golem e o gênio" estão na minha lista de desejados.
    Adorei o post!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Hey, tudo bem?
    Eu sou completamente apaixonada pela Darkside, adoro todos os livros, inclusive quando tem um lançamento já vou correndo adquirir.
    Adorei o post!
    Beijos literários!
    www.blogparadaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  9. Darklove é o melhor selo que você respeita. Eu realmente gosto das publicações deles, acho que eles tem umas leituras bem interessantes.

    http://laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  10. Que legal! Eu não sabia que Circo Mecânico tinha sido o primeiro livro publicado pela editora :D e nem sabia que era da linha #darklove também haha vivendo e aprendendo!
    Olha, por mim, só por ser um selo exclusivo de autoras já ganha meu coração, aí tem as protagonistas fortes, mistura de gêneros e culturas e ♥ ♥ ♥ tem muuuitos aí que quero ler, mas por enquanto só li A noiva fantasma (e amei!)

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Eu já amo demais esse selo, porém só li um livro apenas, "O circo mecânico", eu até tenho outros, mas ainda não tive oportunidade de pega-los :)

    Bjs!

    ResponderExcluir

Oi pessoa leitora, fico muito feliz com sua visita. Não esqueça de deixar um comentário me contando o que achou do post e do blog!

Dicas e opiniões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte SEMPRE!!