Resenha: Edgar Allan Poe - Medo Clássico - Volume 1

19 junho 2017

Título: Edgar Allan Poe: Medo Clássico - Volume 1
Autor: Edgar Allan Poe
Editora: 
DarkSide Books
Ano: 2017
Páginas: 384
Para saber mais: Skoob

Livro recebido em parceria com a editora.
Sinopse: É meia-noite. As asas de um corvo se misturam à escuridão. A velha casa em ruínas observa com janelas que pareciam olhos. Você jura ouvir a voz de alguém que já partiu para o outro lado, bem na hora em que um gato preto cruza seu caminho.
Tudo o que hoje conhecemos como terror começou a ganhar forma na obra de Edgar Allan Poe. Genial e maldito, Poe é considerado o mestre dos mestres da literatura fantástica. Stephen King, Clive Barker ou H.P. Lovecraft são apenas alguns de seus discípulos mais sombrios. Porém, com certeza não são os únicos. Desde o século XIX, o criador de “O Corvo” vem influenciando gerações de escritores consagrados, dos mais diversos gêneros, como Henry James, Franz Kafka, Arthur Conan Doyle, Júlio Verne, Vladimir Nabokov, Oscar Wilde e Jorge Luis Borges.


Poe e suas obras influenciaram e influencia a literatura mundial. A grandeza de sua obra transcende os livros, e suas histórias já alcançaram até música, filmes e televisão. Seus contos e poemas passam por diversos gêneros, como terror, suspense e policial.

Nesse primeiro volume (sim, a DarkSide promete um segundo), que traz uma parte da obra do autor, quinze contos são divididos entre cinco temas. Essa divisão ajuda muito na leitura tanto para quem já conhece o autor quanto para quem quer conhecer sua obra.

Em O Espectro da Morte, os contos são angustiantes e possuem uma pegada mais sobrenatural, aqui Poe trabalha com a incerteza, causando aflição em que lê; Em Narradores Homicidas, vemos protagonistas atormentados por um desejo inexplicável de matar e causar mal. Para mim são os melhores contos do autor nessa coletânea; nos contos do Detetive Dupin, personagem que inspirou a criação de Sherlock Holmes, acompanhamos estranhos casos de investigação. Esses contos achei-os por vezes prolixos; Em Mulheres Etéreas, conheceremos o lado romântico-macabro do mestre do horror ao mostrar homens obcecados por suas mortas mulheres; e por fim os contos de Ímpeto Aventureiro, nos quais nossos narradores contam histórias intrigantes.


Além dos contos, essa edição possui o poema mais famoso do autor, O Corvo, que vem em três versões, a versão original, em inglês, e as traduções de Machado de Assis (1883) e Fernando Pessoa (1924). Mas antes do contado com o poema, conhecemos, através da voz do próprio autor, em um texto escrito em 1846, A Filosofia da Composição, como surgiu a ideia desse poema, como foi seu processo de construção e qual a mensagem que ele queria passar em do poema cada estrofe. É simplesmente incrível ver como foi o nascimento de um dos poemas mais famosos da literatura mundial.

Nessa edição incrivelmente bela, que faz parte do novo selo da DarkSide Books, Medo Clássico, encontramos extras que vão muito além da obra. Logo de início, há a Introdução DarkSide, escrita pela Marcia Heloisa, a tradutora dessa edição, que faz o papel de instigar a curiosidade do leitor antes dele começar a leitura. A Marcia conseguiu descrever com maestria a obra do autor, depois de ler essa introdução dá vontade de devorar o livro e tudo que o autor escreveu. O prefácio O Homem e a Obra escrito em 1852 por Charles Baulaire, o primeiro a traduzir Poe para o francês, completa a apresentação do mestre do horror. 


Além disso tudo, no final da obra, encontramos fotos de uma das casas onde Poe morou e de sua casa de campo. A edição física do livro está lindíssima. O preto com detalhes em dourados e brancos deixaria nosso autor orgulhoso. Há também ilustrações em xilogravura feitas pelo artista gráfico Ramon Rodrigues.

Alguns contos foram releituras, mas a maioria foi inédito para mim. Após a leitura, eu só confirmei o que todo mundo já sabe: Poe é um Mestre. Com certeza um livro para todo fã ter na estante. Além disso, para quem não conhece ainda a escrita do autor ou quer conhecer melhor sua obra, essa edição é perfeita.

9 comentários

  1. Eu já tenho certeza de que não gostaria de Poe. Realmente não faz meu estilo de leitura.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  2. Oiie

    Sou tão medrosa mas tenho tanta curiosidade sobre suas obras... Sempre ouço elogios!! hahaha Como faço??

    Essa edição é linda demais

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Tenho o livro, mas ainda não o li, Poe é um autor muito bem comentado e acho interessante o fato de ele ter deixado um legado tão incrível pra trás. Assim que possível inicio a leitura.
    Www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  4. Oie
    eu ainda não tomei vergonha na cara de ler algo do autor. Sou louca para arriscar pois o gênero é um que gosto muito tanto de ler quanto assistir, então tentei ler o mais rápido possível

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Lê, essa edição parece estar muito caprichada e sem duvida eu quero muito te-la <3 Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  6. eu quero comprar essa edição da Dark, preciso dela. Adoro o autor e certamente a beleza da edição contribui para eu querer. Sim, Poe é um mestre.

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Darkside arrasa demais nas edições né? Adorei saber que o livro é dividido quase por gênero nos contos. Isso com certeza ajuda alguns fãs meio perdidos. Poe sempre será inspiração eternamente. Dica mega anotada <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Tá na minha estante esse livro, sério! Ainda não tive a chance de ler, mas ele tá na minha estante.


    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Tive uma experiencia maravilhosa com a escrita de Poe e to louca em ler esse livro, porque venhamos e convenhamos Poe é um escrito incrível.

    ResponderExcluir

Oi pessoa leitora, fico muito feliz com sua visita. Não esqueça de deixar um comentário me contando o que achou do post e do blog!

Dicas e opiniões são sempre bem-vindas!

Obrigada pela visita e volte SEMPRE!!