Resenha #95 - Dois a Dois - Nicholas Sparks

05 julho 2017

Título: Dois a Dois 
Título Original: Two by Two
Autora: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Páginas: 512
Para saber mais: Skoob
Livro recebido em parceria com a editora.
Sinopse: Com uma carreira bem-sucedida, uma linda esposa e uma adorável filha de 6 anos, Russell Green tem uma vida de dar inveja. Ele está tão certo de que essa paz reinará para sempre que não percebe quando a situação começa a sair dos trilhos. Em questão de meses, Russ perde o emprego e a confiança da esposa, que se afasta dele e se vê obrigada a voltar a trabalhar. Precisando lutar para se adaptar a uma nova realidade, ele se desdobra para cuidar da filhinha, London, e começa a reinventar a vida profissional e afetiva - e a se abrir para antigas e novas emoções. Lançando-se nesse universo desconhecido, Russ embarca com London numa jornada ao mesmo tempo assustadora e gratificante, que testará suas habilidades e seu equilíbrio emocional além do que ele poderia ter imaginado. Em "Dois a dois", Nicholas Sparks conta a história de um homem que precisa se redescobrir e buscar qualidades que nem desconfiava possuir para lutar pelo que é mais importante na vida: aqueles que amamos.



Sobre o Livro

O livro conta a história de Russel Green, um publicitário bem sucedido, que tem uma vida estável, uma filhinha de apenas 5 anos e uma esposa dedicada à filha. No inicio do ano de 2015, ele percebe que sua tranquilidade na empresa em que trabalha está com os dias contados e resolve, sem o apoio da esposa, realizar o antigo sonho de ter sua própria empresa.

Junto a todas as incertezas da sua nova jornada profissional, Russ ainda tem que lidar com a volta da sua esposa ao mercado de trabalho e a inversão de papel dos dois. Ele que era o trabalhador, quem saia de casa todos os dias e o responsável pela renda financeira da família, se vê sem clientes e tendo que cuidar da filha enquanto a esposa Vivian trabalha para um bilionário.


Em meio a essa nova jornada dupla, de pai e empresário, tendo que se virar para entreter a filha e correr para reuniões com possíveis clientes, ele acaba conquistando a confiança e uma cumplicidade que ele jamais imaginou ser capaz de conseguir com London. Com todos os receios que qualquer pai enfrenta durante a vida, ele se mostra capaz de dar amor e cuidar da filha.

Ser pai é isso. Fazer o melhor possível, morrendo de medo de estar errando.

Minha Opinião

Sparks é um dos meus autores favoritos, então eu sempre espero muitas emoções nas leituras de suas obras. Com Dois a Dois não foi diferente, um livro verdadeiramente emocionante, que prende o leitor.

Nesse livro, fui surpreendida por um cara que no auge de sua carreira larga todas as comodidades e busca realizar seu sonho, que mesmo sabendo as dificuldades que poderia enfrentar não desiste de realizar seu antigo desejo. Em meio a tudo isso, vê sua vida e tudo que acreditava virar de pernas para ar, mas que encontra no amor e na dedicação a sua filha o suporte que precisava para enfrentar todos os obstáculos.

O autor soube construir muito bem o Russ, apesar de ter tido raiva dele algumas vezes em relação ao seu comportamento com a sua esposa. Sei que era parte de quem ele era, da sua personalidade, mas pra mim ele era “mole”, pois fazia tudo que podia para agradar a esposa, em algumas ocasiões, até se dava mal para tentar satisfazê-la.

Já, quando ele estava com London, eu era toda amores, e sem dúvida me apaixonei pela forma como ele conduziu a relação com ela, fazendo o que podia para transmitir o amor que sentia por ela. E foi na dedicação e no amor, que sentia pela filha, que ele encontrou a força necessária para suportar todas as transformações que teve durante essa etapa da vida.



No decorrer da trama, o autor apresenta outros personagens, como os familiares de Russ, que dão uma carga de emoção maior ainda ao contexto da história. A relação dele com sua irmã é bastante admirável, intensa e o que lhe dava suporte em todos os momentos de sua vida.

Em qualquer momento que se considere, eu não sou eu por inteiro, mas apenas uma versão parcial  de mim mesmo, e cada versão é ligeiramente diferente das outras.  

A narrativa me prendeu durante toda a leitura e em alguns momentos me vi ansiosa para continuar a leitura e descobrir o que o próximo capitulo ou a próxima pagina me traria. Se seria mais uma vez arrebatada por emoções tão fortes quanto na parte em que eu estava lendo.

Dois a Dois não é um dos meus livros favoritos do autor, mas, sem sombra de dúvidas, foi um dos que mais me fez refletir sobre os sacrifícios e as escolhas que os pais, de maneira geral, fazem pelo bem estar de um filho. E mais uma vez Nicholas Sparks não me decepcionou.
 
Amizade não significa há quanto tempo você conhece uma pessoa. Amizade significa alguém entrar na sua vida, dizer “eu estou do seu lado” e depois provar. 

8 comentários

  1. Olá!

    Me parece ser um livro muito bom, já é a segunda resenha positiva acerca do livro e tô bem curiosa.

    Histórias que abordam esse contexto meio familiar me interessam bastante.

    Beijinhos,
    Beijinhos,
    Livros que Li

    ResponderExcluir
  2. Tenho um certo receio em ler Nicholas Sparks, acho o autor um pouco apelativo em alguns pontos. Mas que bom que gostou!
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Já vários livros do N. Sparks, alguns me emocinei, mas depois foi perdendo a graça e faz tempo que não leio nada dele e nem pretendo ler rs
    Mas quem gosta de romances com muitos dramas é um prato cheio!
    Parabéns pela resenha! Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Acredita que eu nunca li nada do Nicholas Sparks? Mesmo tendo visto alguns filmes inspirados em livros dele (e gostado), nunca senti muita vontade de ler.
    Mesmo este não sendo o seu livro favorito do autor, é o que me deixou mais curiosa de todos que já vi dele, pois foge do romance que estamos acostumados e traz uma relação de pai e filha. Além disso, pela sua resenha, parece que o autor realmente acertou na construção dos personagens.
    Adorei sua resenha e a dica já está anotada. Talvez eu comece a conhecer os livros do Nicholas Sparks por esta obra.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Não sou muito fã do Nicholas Sparks, mas este livro parece ser diferente dos outros livros do autor o que me chamou muita atenção.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Estou com esse livro na minha lista de leituras e confesso que muito ansiosa para faze-la!
    Nicholas é um dos meus autores favoritos e suas obras também sempre me emocionam e me surpreendem!
    Estou bem curiosa pois já li algumas resenhas que dizem ser uma obra ousada do autor, afinal foge um pouco do padrão de seus livros. Com certeza será uma obra que me fará refletir muito também sobre tudo o que os pais são capazes de fazer em prol de seus filhos.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  7. Oi Lê,
    A gente sabe que todo autor tem uma fórmula. Alguns seguem essas formulas mais de perto, outros nem tanto. Seguir a risca uma fórmula não é por si só um problema, mas é mais fácil se cansar dos livros desse autor por serem sempre parecidos na sua dinâmica. Foi o que aconteceu com Nicholas Sparks. Cansei! Não posso dizer que os livros dele são ruins, mas não tenho mais vontade de ler.
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu sou super fã do Nicholas ❤️
    Gostei muito desse livro, acho que ele focou em temas muito relevantes e nos faz refletir muito!
    Adorei os personagens, eles são reais com seus defeitos e qualidades.
    Ótima resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir

Oi pessoa leitora, fico muito feliz com sua visita. Não esqueça de deixar um comentário me contando o que achou do post e do blog!

Dicas e opiniões são sempre bem vindas!

Obrigada pela visita e volte SEMPRE!!