Resenha #113 - Fuck Love - Tarryn

25 outubro 2017

Título: Fuck Love - Louco Amor
Título original: Fuck Love
Autora: Tarryn Fisher
Editora: Faro Editorial
Ano: 2017
Páginas: 288
Para saber mais: Skoob
Livro recebido em parceria com a editora.
Sinopse: Helena Conway se apaixonou. Contra sua vontade. Perdidamente. Mas não sem motivo.Kit Isley é o oposto dela desencanado, espontâneo, alguém diferente de todos os homens que conheceu. Ele parece o seu complemento. Poderia ser tão perfeito... se Kit não fosse o namorado da sua melhor amiga. Helena deve desafiar seu coração, fazer a coisa certa e pensar nos outros. Mas ela não o faz... Tentar se afastar da pessoa amada é como tentar se afogar. Você decide fugir da vida, pulando na água, mas vai contra a natureza não buscar o ar. Seu corpo clama por oxigênio sua mente insiste que você precisa de ar. Então você acaba subindo à superfície, arfando, incapaz de negar a si mesma essa necessidade básica de ar. De amor. De desejo ardente. Você pode pensar que já viu histórias parecidas, mas nunca tão genuínas como essa. Tarryn, a escritora apaixonada por personagens reais, heroínas imperfeitas, mais uma vez entrega algo forte, pulsante, que nos faz sofrer mas também nos vicia. Depois dela, todas as outras histórias começam a parecer como contos de fadas. Se você não quer se viciar, não leia a primeira página.



Sobre o livro

Helena se acha uma mulher normal, com uma vida normal e um relacionamento normal! Seu namoro com Neil não é dos melhores, mas eles já estão juntos há anos. Tudo em sua vida parece estar indo pelo caminho certo quando um acontecimento estranho muda tudo.

De uma hora para outra, ela começa a se apaixonar por Kit, o namorado de sua melhor amiga, Della. Um turbilhão de sentimentos e questionamentos sobre sua vida e o rumo que ela está levando faz de seus dias uma confusão. Entre dúvidas e certezas, Helena tenta se encontrar.


Minha opinião

Fuck Love é meu segundo contato com Tarryn Fisher. Antes desse, eu li Nunca Jamais, Parte 1, que foi escrito em parceria com a Colleen Hoover. Fiquei super intrigada com a premissa da história quando a editora anunciou este livro, os comentários sobre ele eram muito positivos.

Na trama, a autora não vai abordar somente o amor proibido pelo namorado da amiga, mas o quão possessivo e destruidor pode ser esse sentimento. Com personagens perturbados, Tarryn constrói uma história sobre relações conturbadas e possissivas.





















Della é uma amiga bem abusada. Ela é mimada, egoísta, super dependente da amizade de Helena e está sempre solicitando a amiga, independente do que esteja acontecendo. Kit é lindo, atencioso, dedicado, gentil, um bom namorado para Della e um bom amigo para Helena.

Helena tem a vida sem graça, normal e bege, segunda ela própria. Mas ela só precisava de um incentivo para tudo mudar. A partir do momento em que ela começa a questionar seu sentimentos e sua vida, Helena vira outra pessoa, suas decisões são, muitas vezes, tomadas no impulso e baseadas em algo que pode ser da cabeça dela. Mesmo lutando contra, seu sentimento em relação a kit é totalmente obsessivo e perturbado.

Uma coisa muito legal sobre Helena é que ela é fã de Harry Potter, então, em alguns momentos, ela relaciona o que está vivendo com o mundo bruxo. Me identifiquei com ela em muitos momentos, bons e ruins, o que pode não ser positivo.


A narrativa é feita em primeira pessoa pela Helena, o que possibilitou que eu entrasse profundamente em seus pensamentos e sentimentos. Consegui sentir tanto graça das suas primeiras atitudes quanto raiva conforme seus atos iam ficando impensados e impulsivos. Mas não foi só com ela que me irritei, Kit e Della também são personagens problemáticos. escrita da autora é simples, rápida e envolvente, não consegui parar de ler.

Eu não achei o final sensacional, mas como final de romance é, na maioria das vezes, um problema para mim, relevei esse fato. Para quem espera um romance amorzinho ou hot, não encontrará nenhum desses dois aqui. Fuck Love é uma história intensa, que fala sobre autodescoberta e os desafios do amor.


O melhor tipo de amor é o amor que não deveria acontecer.


Para quem curte tem resenha em video também!


2 comentários

  1. Olá!
    eu estou enamorando esse livro, e a cada resenha lida fico mais ansiosa pra obtê-lo o mais rápido possível. Tomara que na Black Friday esteja baratinho. :)
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Eu fiquei com um pouco de preconceito quando li a sinopse... não pela suposta traição do namorado (que nem sei se tem). Mas pela suposta traição com a amiga. Claro, talvez as coisas não ocorram como imagino. Mas ainda não tenho vontade de ler esse livro.

    Debyh
    Eu Insito

    ResponderExcluir

Oi pessoa leitora, fico muito feliz com sua visita. Não esqueça de deixar um comentário me contando o que achou do post e do blog!

Dicas e opiniões são sempre bem-vindas!

Obrigada pela visita e volte SEMPRE!!