Resenha: A Sombra do Vento - Carlos Ruiz Zafón

19 dezembro 2017

Título: A Sombra do Vento
Título original: La sombra del viento
Série: Cemitério dos Livros Esquecidos #1
Autor: Carlos Ruiz Zafón
Editora: Suma das Letras
Ano: 2017
Páginas: 464
Para saber mais: Skoob
Livro recebido em parceria com a editora.
Sinopse: Numa madrugada de 1945, em Barcelona, Daniel Sempere é levado por seu pai a um misterioso lugar no coração do centro histórico: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Lá, o menino encontra A Sombra do Vento, livro maldito que mudará o rumo de sua vida e o arrastará para um labirinto de aventuras repleto de segredos e intrigas enterrados na alma obscura da cidade, A busca por pistas do desaparecido autor do livro que o fascina transformará Daniel em um homem ao iniciá-lo no mundo do amor, do sexo e da literatura.



A Sombra do Vento é o primeiro volume da quadrilogia Cemitério dos Livros EsquecidosOs livros que dão continuidade a série são: O Jogo do AnjoO Prisioneiro do Céu e O Labirinto dos EspíritosTodos os volumes já foram publicados no Brasil, mesmo que um complete o outro, eles podem ser lidos separadamente. 


Sobre o livro

Daniel Sampere, prestes a completar 11 anos, acorda atormentado por não se lembrar do rosto de sua falecida mãe. Ao relatar sua tristeza ao pai, é consolado e levado para conhecer O Cemitério dos Livros Esquecidos, uma espécie de biblioteca secreta, que poucas pessoas têm conhecimento de sua existência e que possui o objetivo de guardar livros raros.

Sempre que um novo visitante chega à biblioteca, dever escolher um livro para ser uma espécie de “guardião” dele. Assim, fascinado com o lugar, o menino percorre as estantes atrás de um livro que chame a sua atenção, até que seu olhar recai em A Sombra do Vento, de Julián Carax

Daniel faz a leitura do livro em uma noite e fica extremamente deslumbrado pela história e desejando ler mais livros do autor. Mas para a sua surpresa, ele descobre que esse Carax foi declarado morto há muitos anos e que seus livros estão aos poucos desaparecendo. Com isso, Daniel decide buscar informações sobre o autor e suas obras, mas sua busca procura releva que há muitos mistérios rondando a vida de Julián Carax.



Minha opinião

Nunca li nada do Zafón, apesar de conhecer sua fama de excelente escritor. A Sombra do Vento foi um ótimo livro para conhecer a escrita incrível do autor, e o fato de eu não saber praticamente nada da sinopse ajudou muito na leitura, pois fui surpreendida a todo momento e acabei apaixonada tanto pelo livro quando pela escrita de Carlos Ruiz Zafón.

O romance é dividido em 6 partes, sendo a primeira uma pequena introdução, e a última um fechamento de tudo que Daniel investigou. Acompanhamos o protagonista, numa Barcelona em meio à guerra, durante 1945 a 1954, vendo seu crescimento, seu relacionamento com o pai e os amigos, suas paixões, mas principalmente sua busca por informações sobre Julian Carax. Daniel Sempere é um menino com bom coração, determinado e preocupado. Gostei muito dele e de acompanhar sua evolução conforme o tempo passava.

Záfon mostra um talento incrível ao construir seus personagens, desenvolvendo-os calmamente e apresentando ao leitor pessoas completas, reais e com suas próprias histórias dentro da trama. Durante a busca de Daniel pela vida e obra de Julian, conhecemos tantos personagens incríveis que eu simplesmente gostei de TODOS, sem exceção. Além disso, toda a história de vida de Carax é revelada, aos poucos, o que o transforma em praticamente um personagem principal da trama.


Poucas coisas marcam tanto um leitor como o primeiro livro que realmente abre caminho até seu coração.


A narrativa cheia de mistérios, suspense e romance transportou-me para dentro da história, eu fiquei completamente encantada. A ligação entre as histórias é feita de forma gradual e inteligente, Carlos Ruiz Zafón foi esfregando verdades na minha cara durante todo o livro. A história possui início, meio e fim, mas mesmo assim deixa gosto de quero mais. 

Zafón mostrou-se um autor que consegue passear, dentro do mesmo livro, por diversos gêneros, colocando em sua obra um toque da literatura gótica, misturando aquela sensação da dualidade imaginário e realidade. A Sombra do Vento surpreendeu-me com uma trama bem construída e inteligente, um livro que fala sobre livros e sobre a conservação da literatura.  

8 comentários

  1. Vi o lançamento desse livro assim que a editora estava com tudo organizado, não procurei saber sobre o que se tratava, mas agora lendo sua resenha notei que não é um tipo de leitura da qual procuro agora, quem sabe futuramente. Mas que bom que gostou e que recomenda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Queria ter esse amor por Zafón que percebo nas pessoas, mas todos os livros dele que tentei ler - esse inclusive - acabei não conseguindo porque a escrita dele me trava. Espero um dia conseguir, até porque a história parece ser muito bonita.

    ;*

    ResponderExcluir
  3. Sempre vejo elogios à escrita do autor e aos seus livros. Após sua resenha, fiquei com ainda mais vontade de ler A sombra do vento e os outros livros do autor, preciso conhecer o Daniel e sua busca pelo escritor.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Eu tenho as edições antigas e quero muito ler, mas nãos sobra um tempinho, pois dou preferência aos livros das editoras parceiras, contudo após ler a sua resenha a minha vontade em ler A Sombra do Vento só aumentou, vou tentar ler agora em Janeiro!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Apesar desse livro ter uma premissa forte e singular, eu não sou muito adepta a esse gênero, e ultimamente estou preferindo livros únicos :/
    A resenha ficou ótima!!!
    Bjs

    https://blog-myselfhere.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu amei muito quando eu li esse livro. Zafón tem uma escrita maravilhosa.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é lindo, ainda não concluí, estou lendo devagar, meu amigo Leonardo Nóbrega, escritor, me emprestou e disse que podia ler com calma, pensa na felicidade.

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Acho que já li uns quarto livros do autor e este ainda é o meu favorito! Gosto da escrita dele da qual simplesmente você precisa continuar lendo e quando percebe o livro acabou rs. Estou com o Labirinto dos Espíritos pra ler e espero que seja bom também!

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir

Oi pessoa leitora, fico muito feliz com sua visita. Não esqueça de deixar um comentário me contando o que achou do post e do blog!

Dicas e opiniões são sempre bem-vindas!

Obrigada pela visita e volte SEMPRE!!