Resenha: A Casa dos Pesadelos - Marcos DeBrito

28 maio 2018

Título: A Casa dos Pesadelos
Autor: Marcos DeBrito
Editora: Faro Editorial
Ano: 2018
Páginas: 144
Para saber mais: Skoob
Livro recebido em parceria com a editora.
Sinopse: Dez anos depois de estar cara a cara com aquela assombração, Tiago finalmente concorda em voltar à mesma casa para visitar sua avó. Agora adolescente, ele pretende provar para si mesmo, que a terrível imagem que o aterrorizara nas madrugadas por tanto tempo, não passava de uma criação tenebrosa da infância. Mas, ao chegar no casarão, o jovem se depara com o misterioso quarto de seu falecido avô, agora mantido fechado, e tratado como espaço proibido. As restrições com relação ao aposento, as sensações e barulhos no meio da noite logo alimentam nele a suspeita de que algo terrível habita o local. Tomado por uma estranha coragem e desejo de ver-se finalmente livre do medo, tudo que o rapaz deseja é descobrir o que há por trás daquela porta. Então, o pesadelo toma novo impulso quando a figura sombria da infância mostra-se real novamente... mas, desta vez, ela quer atacar o seu irmão mais novo. Determinado a impedir que o caçula passe por terror semelhante, Tiago, mesmo apavorado, decide enfrentar a criatura. E o que descobre expõe terríveis segredos do passado que ninguém poderia imaginar.


Sobre o livro

Depois de dez anos sem visitar a avó, Thiago está voltando, com a mãe e o irmão, para uma temporada na casa que foi o motivo de seu trauma quando era pequeno. Ele está encarando a visita uma forma de se livrar dos pesadelos que o assolam há tanto tempo.

Thiago está decido a vencer o medo do monstro que o atormenta, contudo, logo que chega na cada da vó, ele vê que não será tão fácil assim encarar aquela velha casa. Além disso, o quarto de seu avô está trancado e ninguém pode entrar nele, o que deixa o garoto mais preocupado ainda.

O que Thiago não esperava e que seu irmão menor vai ser perseguido pelo mesmo monstro que apareceu para ele há dez anos. Sendo assim, ele decide que seu irmão não passará pela mesma situação que ele e que está na hora de dar um fim ao seu passado de pesadelos.



Minha opinião

Ano passado, eu tive meu primeiro contato com a escrita de Marcos DeBrito quando li O Escravo de Capela. Simplesmente adorei o livro, e foi esse o fator que influenciou na minha vontade de ler A Casa dos Pesadelos. Logo que vi que era escrito pelo autor eu já apresentei interesse, mas quando li a sinopse minha vontade ficou ainda maior. Mais uma vez DeBrito não me decepcionou, apresentando uma trama que me deixou, mais uma vez, apreensiva, com medo e chocada. 

Um ponto positivo no livro é que o autor explorou as consequências que uma situação traumatizante tem na vida de uma pessoa, principalmente de uma criança, de como isso afeta o comportamento e até o relacionamento familiar de quem sofreu o choque. Através de Tiago, vemos como uma criança é afetada durante muitos anos pela situação vivida e de que muitas vezes anos de tratamento com o psicólogo não são o suficiente para superar o trauma quando a lembrança do ocorrido ainda é uma nevoa negra que atormenta e causa dúvidas.


Não procure as lembranças que te incomodam só pra ficar remoendo os sentimentos ruins. Busque, ao menos, a recordação das coisas boas que esta casa deixou em você.

A mãe de Tiago, mostrou-se muito culpada e preocupada com o filho, contudo muitas vezes ele esquece da situação do filho e se torna aquela mãe chata e questionadora. Gostei muito do pequeno Bruno e de como ele ao mesmo tempo que quer acreditar no irmão mostra medo de tudo que está acontecendo. Sobre a vó dos meninos, eu peguei uma raiva desde o começo da narrativa, ele tem um tom de voz de autoridade que nenhuma vovó deveria ter.

Com uma escrita fluida e envolvente, a história prende desse o início. Para contextualizar o leitor no que realmente aconteceu quando Tiago era pequeno,conforme a história avança, temos flashes do passado. Assim aos poucos vamos compreendendo o cenário, tanto do presente quando do passado. Esse recurso de mostrar o passado aos poucos, foi ótimo, pois eu queria a todo custo saber o que realmente tinha acontecido o mais rápido possível. Com isso, li o livro em poucas horas.


DeBrito deixa toda a narrativa envolta num ar de um terror que me envolveu desde o início. Sem falar que a descrição do monstro causa arrepios. Conforme eu chegava no fim do livro, eu ia criando teorias bem próximas do que realmente aconteceu, mas mesmo assim eu não estava preparada para como a revelação foi feita. O final me pegou de surpresa, deixou-me chocada.

A edição está muito bonita. Sempre que a narrativa volta para o passado, as páginas são laranjas, gostei muito dessa divisão. No início de cada capitulo, há ilustrações que assustam e arrepiam ainda mais.

A Casa dos Pesadelos foi uma leitura surpreendente, com um enredo que nos leva a imaginar uma coisa, mas que na verdade é outra. O livro traz um terror psicológico, que fará qualquer um ter arrepios.


2 comentários

  1. Li algumas resenhas desse livro, todas falando bem! E, por ser um suspense psicológico, já fiquei interessada por ele! Tenho a impressão de que a história vai ser bem envolvente, mexendo com o meu psicológico! O mais interessante é que todos esses medos de Tiago refletem, muitas vezes, nossos próprios medos! E, o melhor, é que o final é surpreendente!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, mas sei que foi lançado a pouco tempo. Fiquei curiosa logo no começo quando eu vi que o livro tem apenas 144 páginas. Achei muito bom saber que o autor conseguiu desenvolver bem a história e os personagens, mostrando seus traumas e como algumas vezes é difícil lidar com isso mesmo tendo passado anos e até fazendo a gente criar antipatia por alguns personagens, no seu caso, a avó dele. A edição está lindíssima, sem dúvidas a Faro caprichou muito. Acho que fazendo sucesso assim é bem capaz que venham outros livros do autor por aí.

    ResponderExcluir

Oi pessoa leitora, fico muito feliz com sua visita. Não esqueça de deixar um comentário me contando o que achou do post e do blog!

Dicas e opiniões são sempre bem-vindas!

Obrigada pela visita e volte SEMPRE!!