Resenha: Mais Lindo que a Lua - Julia Quinn

03 outubro 2018

Título: Mais Lindo que a Lua
Título original: Everything and the moon
Série: Irmãs Lyndon #1
Autora: Julia Quinn
Tradução: Viviane Diniz
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 272
Para saber mais: Skoob
Livro recebido em parceria com a editora.
Sinopse: Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim. Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças? Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?



Mais Lindo que Lua é o primeiro volume da duologia Irmãs Lyndon, que conta com o segundo volume, Mais Forte que o Sol. Na saga, vamos acompanhar duas irmãs, filhas de um reverendo, elas não têm grandes planos de casamento, até que algo inesperado acontecesse na vida delas. Mesmo que suas histórias estejam interligadas, os livros podem ler lidos separadamente.


Sobre o livro

Robert e Victoria apaixonaram-se assim que se viram, o famoso amor à primeira vista. Ele, um conde, e ela, uma simples filha de um vigário. Isso não é o casal ideal dentro dos padrões da sociedade, mas eles não se importam e começam a se encontrar toda as tardes para desfrutar desse amor.

Contudo, os pais de ambos, ao descobrirem o relacionamento, se colocam contra ele. O pai de Victoria acredita que Robert não quer nada da filha, somente se aproveitar dela, e o pai de Robert acreditar que Victoria está interessa no dinheiro do rapaz e em sua posição social.

Depois de muita conversa com os pais e de nada mudar, o casal decide fugir. Mas o inesperado acontece e os dois acabam se separando. Após sete anos, o destino coloca os dois frente a frente, fazendo com que todo o sofrimento e toda a mágoa venham a tona. Assim, eles precisam saber lidar com o passado e decidir o que querem para o futuro.


Minha opinião

Eu sempre gosto de falar, nas minhas resenhas, os motivos que me levaram a ler o livro em questão. Eu leio muitos gêneros diferentes, então esses motivos também podem ser muito variados. Duas motivações levaram-me a ler Mais Lindo que a Lua, a primeira foi o fato de que estou apaixonada pelas história da Julia Quinn; e a segunda foi o burburinho, após o lançamento, envolvendo o protagonista desse livro. Realmente há alguns problemas na construção da narrativa, contudo eu tentei ver o lado do entretenimento e não ser tão crítica com o romance em questão.

O primeiro ponto do livro é o romance à primeira vista. Eu até achei engraçado o modo como os personagens se conhecem e se envolvem inicialmente. Posso não acreditar em amor à primeira vista, mas acredito sim em atração (forte) à primeira vista. Então isso não foi um problema para mim. O problema está em como esse romance acontece no reencontro dos personagens, pois os protagonistas passam tanto tempo falando e se preocupando com o passado que, em nenhum momento, o amor que sentem um pelo outro me convenceu.

Ela significara tudo para ele. Tudo. Ele lhe prometera a lua e estava sendo sincero. Ele a amara tanto que teria dado um jeito de puxar aquela esfera do céu para lhe entregar em uma bandeja, se ela quisesse.


Com isso, entramos no elemento personagens. Victoria é uma mulher decidida e muito determinada, contudo a forma com que a protagonista lidou com todos os problemas ocasionados por Robert não passa segurança, pois ela fala uma coisa, mas faz outra quando deixa com que Robert a domine. O polêmico Robert é claramente um personagem com sérios problemas, ele é possessivo e mandão. Em nenhum momento ele deixa Victoria tomar suas próprias decisões, ele simplesmente decide e força-a a acatar. Em muitos momentos comparei ele com um psicopata.

Eu tenho consciência que a falta de diálogo em muitos romances é o que faz a história tomar corpo, mas aqui o rancor e a tristeza dominaram o casal a um ponto que nem mesmo quando pararam para conversar a briga parecia estar resolvida. A escrita de Quinn é bastante fluida e envolvente, a história acontece de forma rápida desde o início, e isso pode causar um certo estranhamento. 

Mais Lindo que a Lua apresenta uma história questionável, com muito drama e alguns momentos de comédia, contudo o romance não convence. Uma leitura recomendada para fãs de romance de época e para os fãs Julia Quinn!


#DESAFIOHISTORICOEEU3 (aqui)


5 comentários

  1. Lê!
    Li esse livro mês passado e sou bem fã da Julia Quinn, porém também vi algumas coisas não críveis, como o autoritarismo de Robert, a submissão repentina de Victoria, já que foi independente tanto tempo e outras pequenas coisinhas, porém temos de levar duas coisas em consideração, na minha opinião: a primeira é o fato de ter sido um dos primeiros romances escritos pela autora (e relançado agora), a inexperiência é evidente, e a outra coisa, é que é um romance de época, um século totalmente diferente do nosso e por mais que Victoria quisesse 'liberdade', queria também ser cuidada e amada e os homens da época, geralmente eram mesmo autoritários e obssessivos, por isso, não foi de toda ruim a leitura.
    Quanto ao amor a primeira vista, acredito porque aconteceu comigo... Batemos o olho e nos interessamos um pelo outro em 60 dias já estávamos morando juntos e em janeiro/2019 completaremos 19 anos de casados, portanto, pode acontecer...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Primeiro livro que li da autora e me apaixonei.
    Recomendo para as amigas,pois a leitura é gostosa e agradável.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lê,
    Desenvolver uma história sobre primeiro amor e à primeira vista pode ser bem complicado, pois muitos leitores não conseguirão se conectar com os personagens por não terem vivenciado algo do tipo. Mas como Julia Quinn é boa com as palavras é através delas que ela nos convencerá de que essa história é possível. Robert e Victoria podem ser imaturos e inexperientes, mas é através disso que eles irão vivenciar essa relação cheia de desafios e contratempos. As questões sociais são muito importantes para a história e dão um toque especial para essa obra, evitando que ela seja mais do mesmo. Confesso que a premissa me lembrei um pouco de Romeu e Julieta e isso só me deixou curiosa para ler esse livro, mas alguns pontos que mencionou fazem com que eu fique com um pé atrás a respeito de todo desenvolvimento dessa trama. As personalidades dos protagonistas me parecem muito opostas, o que não é problema, mas nesse contexto deixa tudo um pouco duvidoso. Uma pena que o livro não tenha sido satisfatória como um todo, mas acredito que seja uma boa distração.

    ResponderExcluir
  4. Oi Lê.
    Li esse livro faz alguns meses e não gostei.
    Concordo plenamente com você. Victoria se diz ser decidida, mas é só o Robert entrar em cena, que ela deixa ele fazer tudo que ele quer.
    E ele é um cara ciumento e autoritário.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lê!
    Gosto de romance à primeira vista e de livros sobre reencontros, e pretendo ler a história de Victoria e Robert, apesar de tantos pontos negativos... Pelos seus comentários não sei se irei gostar desse protagonista possessivo e mandão, e essa atitude da Victoria, em falar uma coisa e fazer outra é algo bem negativo para mim... Mas vou arriscar a leitura, contudo, com as expectativas lá embaixo para não me decepcionar tanto... Abraços!

    ResponderExcluir

Oi pessoa leitora, fico muito feliz com sua visita. Não esqueça de deixar um comentário me contando o que achou do post e do blog!

Dicas e opiniões são sempre bem-vindas!

Obrigada pela visita e volte SEMPRE!!