A Heroína da Alvorada - Alwyn Hamilton

15 janeiro 2019

Título: A Heroína da Alvorada
Título original: Hero At The Fall
Série:  A Rebelde do Deserto#3
Autora: Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte
Ano: 2018
Páginas: 384
Para saber mais: Skoob
Livro recebido em parceria com a editora.

Sinopse: Quando a atiradora Amani Al-Hiza escapou da cidadezinha em que morava, jamais imaginava se envolver numa rebelião, muito menos ter de comandá-la. Depois que o cruel sultão de Miraji capturou as principais lideranças da revolta, a garota se vê obrigada a tomar as rédeas da situação e seguir até Eremot, uma cidade que não existe em nenhum mapa, apenas nas lendas — e onde seus amigos estariam aprisionados.  Armada com sua pistola, sua inteligência e seus poderes, ela vai atravessar as areias impiedosas para concluir essa missão de resgate, acompanhada do que restou da rebelião. Enquanto assiste àqueles que ama perderem a vida para soldados inimigos e criaturas do deserto, Amani se pergunta se pode ser a líder de que precisam ou se está conduzindo todos para a morte certa.


*Essa resenha contém spoilers do livro anterior

A Heroína da Alvorada é a conclusão da trilogia A Rebelde do Deserto. A série que inicia com A Rebelde do Deserto (resenha aqui) e continua com A Traidora do Trono (resenha aqui), conta também com um e-book de contos, Contos de Areia e Mar.

Sobre o livro

Depois o sultão capturou os principais rebeldes, Amani virou a líder da rebelião. Agora, ela e seu grupo precisam seguir até Eremot, uma cidade que ninguém conhece além das lendas, para resgatar Shazad e Delilah. Além disso, os rebeldes não conseguem entrar em Miraji, pois depois do último ataque, o sultão criou uma barreira protetora na cidade que impede que qualquer um entre ou saia dela.

Na busca por seus amigos e enquanto descobre como chegar ao misterioso local, Amani tenta se manter forte em suas decisões. Muitas perdas precisarão ser superadas no caminho para uma nova alvorada e um novo deserto.


Minha opinião


Como vocês sabem, eu comecei a ler os três livros da trilogia A Rebelde do Deserto em sequência. Foi uma das minhas melhores decisões literárias da minha vida, pois não sofri com a espera dos livros. Sem falar que, pela primeira vez, eu favoritei todos os livros de uma série de fantasia. Esse terceiro volume estava com o peso do destino de muitos personagens queridos e de muitas decisões sobre o rumo da história, e por isso eu estava com medo do que a autora poderia fazer. Felizmente, a conclusão foi épica e incrível!

Eu fiquei impressionada com o modo que Alwyn Hamilton desenvolveu a trama política nesse final, ela não deixa nada solto e apresenta todas as soluções dos problemas dos livros anteriores. Há muitas cenas com ação, angústia e tristeza, o livro todo é um turbilhão de emoções, as reviravoltas são de tirar o fôlego. O mundo criado pela autora é tão rico e tão grandioso, que ao final ela já faz uma apresentação de como ficou o mundo depois de 20 anos desses acontecimentos. Eu me senti grata por isso, é muito bom saber as consequências deixadas pela revolução. 

Uma novidade nesse volume são alguns capítulos focados em outros personagens, que contam fatos do passado. Tudo isso é feito de maneira que possamos compreender melhor os acontecimentos do presente (no caso, tudo que é apresentado nos três livros). 



Eu devia saber melhor do que ninguém a distância que separava as lendas da verdade.


Amani está incrível na liderança da revolução. Isso não era o que ela queria, vemos isso em sua preocupação sempre que precisa tomar uma decisão. Ela é ciente do que precisa fazer, mesmo quando as consequências não são as melhores. A evolução dela durante a trilogia é nítida, ela é uma mulher muito mais madura do que aquela que começou tentando ganhar dinheiro numa arena de tiro. Jin ganhou meu coração de vez! E sensacional ver que o romance de Amani e Jin não foi o foco em nenhum momento e que tudo aconteceu de forma tão natural, que quando tudo se resolveu eu estava com um sorriso na cara.

Alwyn se preocupou em dar uma final a todos os personagens, e isso mostra o quão preocupada ela estava em não deixar nada passar. É claro que alguns vão nos deixar, mas tudo é feito de uma maneira tão singular e com uma importância tão grande, que não me importei em perder alguns personagens queridos. 

Terminei o livro feliz por ter conhecido essa história incrível e com saudade dos personagens que a tanto me apeguei. Só de saber que um dia outra série nesse mesmo universo será escrita pela autora já dá um quentinho no coração. Com certeza é uma nova alvorada, um novo deserto!


4 comentários

  1. Até que enfim uma trilogia de fantasia que encerra com chave de ouro. Para favoritar todos os livros de uma trilogia é porque realmente vale a pena. Vou fazer o mesmo que você e ler os três livros em sequência. Porque eu odeio ter que ficar esperando o lançamento dos livros.kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Parece que alguém aqui amou a trilogia rs
    As capas são maravilhosas! Como falei nas postagens anteriores, eu só li o primeiro livro - A rebelde do deserto e ainda não tive chance de continuar.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lê,
    Alwyn Hamilton conseguiu desenvolver uma história inovadora com uma protagonista forte e em uma ambientação ainda pouco utilizada no gênero. Neste ponto da trama Amani carrega um peso muito grande nos ombros que é a libertação da rebelião e é certo que isso será um grande desafio. Fica claro que o livro tem muita ação, uma jogada genial da autora, pois não permite que a narrativa se arraste ou fique entediante. As perdas, muitas vezes, são necessárias tanto para andamento da história quanto para representar os resultados de uma batalha. E que bom que esse desfecho foi digno da série o que só me deixa mais curiosa pela leitura dos livros.

    ResponderExcluir
  4. O desfecho desse livro foi surreal e eu gostei que a autora não romantizou muito a história da protagonista coisa que era esperado neste último livro e pelo visto você amou muito A trilogia e eu concordo com isso porque ela é incrível

    ResponderExcluir

Oi pessoa leitora, fico muito feliz com sua visita. Não esqueça de deixar um comentário me contando o que achou do post e do blog!

Dicas e opiniões são sempre bem-vindas!

Obrigada pela visita e volte SEMPRE!!